191 - Relógios de Lisboa

Existem em Lisboa vários painéis publicitários, que tal como os que se vem nas fotos, tem na parte inferior, um sensor de medição da temperatura do ar e um relógio.
Até aqui tudo bem, é uma informação que pode ser importante para quem não tenha relógio, ou por azar o tenha deixado esquecido em casa.
Azar disse eu? Pois claro azar se tiver a ideia de se guiar pelos relógios que acima refiro.
Pelo menos os que estão instalados no Largo do Rato. Porquê?
Bom porque percorridos os 10 a 12 metros de distância entre os dois, é possivel constatar terem passado cerca de 20 minutos.
O que não consigo perceber é qual dos dois está certo, ou se sou eu que ando a passo de caracol naquera artéria da cidade de Lisboa.
Será que ainda ninguém deu por isso, ou só eu não uso relógio de pulso?
(clique na imagem para abrir)

3 comentários:

O Guardião disse...

As maquinetas são preciosas para nos auxiliar, mas desengane-se quem pensou que iríam dispensar a atenção e os cuidados humanos. Por vezes há quem disso se esqueça e o resultado é este.
Bfds
Cumps

*Mar disse...

eu também não uso. OU só como jóia decorativa. de resto ando sempre de telele em punho. :-)

Susete Evaristo disse...

Detesto ser escrava das horas eu costumo ser como se dizia antigamente do combóio de Chelas ou seja: "chega quando chega, parte quando parte"
Nunca chego porém, atrazada a qualquer encontro, e se chego em cima da hora ao trabalho, não tenho nunca hora de sair.
Agora nunca me perguntem a mim a que horas me levanto, me deito, a que horas saio de casa etc. ai não tenho horas mesmo.