78 - Voltando ao des/Acordo Ortográfico












Nunca pensei vir a estar de acordo em alguma coisa com a ex-Ministra da Cultura, Isabel Pires de Lima.
Bom também não sei se não é Isabel Pires de Lima que está de acordo comigo e, com outros tantos milhões de Portugueses, que estão contra esta aberração da forma de escrita portuguesa que se chama "novo acordo ortográfico".
Esta manhã, num programa de televisão, ouvi a ex-Ministra e agora Deputada, afirmar-se contra este acordo ortográfico que nos querem impingir.
Concordo e subscrevo integralmente as suas palavras que foram mais ou menos estas:
A expansão da lingua Portuguesa não se faz pela ortografia mas pelo seu conteúdo.
Sim senhora, estou completamente de acordo.

4 comentários:

XICA disse...

Susete, se fosse só o acordo ortográfico que nos querem impingir, que diremos nós da aculturação da nossa lingua portuguesa, provocada pelos brasileirismos, e outras coisas terminadas em ismos... olha só omo a nova geração trata a nossa lingua, os SMS como são escritos.
De doer a alma.

Susete Evaristo disse...

Por tudo o que dizes é que eu me recuso a escrever ou falar o que não seja o Português que aprendi ou o "dialeto" alentejano,(embora não seja bem um dialeto há palavras que são só nossas).
Não deixarei de usar o "c" o "p" o "h" não usarei essas palavras que desvirtuam o meu português nem as alterações que modificam em 1,6%a escrita actual. Não aceito que seja a nossa forma de escrever que impeça o Português de se afirmar como uma língua a nível internacional.
Morra o novo Dantas Morra PIM!

samuel disse...

Vá lá então mais um para a lista...

Abreijo

Rufino Fino Filho disse...

eu axo kamnistra vai dzer u kontrariu kuando nenusespera masdestavez açertou