345 - Sintra - dispensadores de sacos para os dejectos caninos

Pecorrendo as ruas de Sintra, dei conta, aliás à semelhança do que acontece um pouco por todo o Concelho, estarem os dispensadores de sacos para dejectos caninos, vazios.
Quando a ideia foi implementada e, muito bem, previa-se que fosse possivel qualquer transeunte deixar de ser confrontado, por qualquer percalço, chegar a casa com um perfume intenso nas solas dos sapatos.
Se por um lado é fácil constatar que nem todos os donos de cães tem o cuidado de limpar os detritos deixados na via pública pelos seus animais, por outro a falta de sacos nestes equipamentos sanitários, não insentivam em nada esta prática de higiéne e cidadania.

2 comentários:

Manuel Cataluna disse...

Boa noite,
Olá Susete.
Afinal o problema é por todo o lado...
Aqui no Burgo, as caixinhas foram colocadas em Março, quando das obras das ruas.
Mas a maior parte do tempo não tem os ditos saquitos...
A gora repara num cego, é um golpe de sorte não pisar o dito presénte dos animais...
Um abraço, Susete.
P.S.
Ha! estou a falar de Cascais...

Manuel Cataluna

Ludo Rex disse...

Volto depois da Festa do Avante…
Não te esqueças: Sábado, dia 5 de Setembro, no pavilhão da Emigração
da “Festa do Avante!”, pelas 20.00H
Vem juntar-te à Festa, a luta continua!
Kisses