342 - O Panorama Cultural Português ficou hoje mais pobre

José Morais e Castro, além do excelente actor, que a todos encantou com as suas interpretações foi ainda, encenador e fundador do Grupo 4 ao mesmo tempo que exercia a sua profissão de advogado.
Foi ainda Sócio fundador do Sindicato dos Trabalhadores de Espectáculos
As preocupações Sociais e defesa da classe operária e dos trabalhadores levaram-no desde muito cedo a aderir ao Partido Comunista Português de que era um assumido e activo militante. Integrava como dirigente o Sector Intelectual da Organização Regional de Lisboa do PCP.
Quem não gostaria de ter um professor como este do Tonecas?

2 comentários:

BOGA E AXIGÃ disse...

Esta é uma daquelas perdas irreparáveis, em nós amiga, fica uma imensa saudade pelo contributo deste grande ser humano a uma causa que afinal é a nossa causa, e como ele o fez tão bem.

Ludo Rex disse...

Uma perda irreparável, que descanse.