264 - Lei da Paridade

SOU e neste SER, estão incorporados a existência, a consciência, a vontade, a força, a acção e consequentemente todos os direitos e deveres inerentes a todos os Seres Humanos.
SOU, pela igualdade entre homens e mulheres, os quais se complementam. Do meu vocabulário não fazem parte palavras como: classe social, etnia, ou orientação sexual. Do meu vocabulário fazem parte: responsabilidade, igualdade, trabalho, partilha e fraternidade.
Sou pela igualdade na partilha de responsabilidades e deveres cívicos.
Vem tudo isto a propósito, de estar em completo desacordo com essa “invenção” do partido socialista ou seja a tal da lei da paridade, que estes senhores querem impor.
Não duvido da inteligência e capacidade das mulheres portuguesas para o exercício do poder político, discordo porém do exercício politico por imposição legislativa.
Vem isto a propósito dos cartazes/anúncios institucionais, propagados por essa Lisboa, tendo como base a figura alegórica da Republica e os dizeres “As mulheres fazem a Democracia melhor” logo seguida de “A diferença faz a igualdade”
1º. - Gostaria que alguém (o autor do anúncio por exemplo) me explicasse como é que as mulheres fazem a democracia melhor? Dão-lhe miminhos, beijinhos etc.?
2º. - Já na segunda frase qual a diferença a que se refere? Diferença em quê? Diferença do quê? Diferente porquê?
Tenho VERGONHA e sublinho VERGONHA de quem assim exibe o seu conceito de Democracia.

2 comentários:

XICA disse...

E é por isso que eu não te largo. Belo post! Inteligente post.
Besitos, amiga

sendyourlove disse...

... assino por baixo!