230 - Correios de Monte Abraão

Quem dos 40.000 habitantes da Freguesia de Monte Abraão, no Conselho de Sintra, pretenda efectuar o depósito de correio na estação dos CTT, apenas o poderá fazer nos dias e horas normais de expediente, caso contrário irá constatar a sua impossibilidade.
Incrivelmente, desde há cerca de dois meses, que os receptáculos de depósito de correio existentes naquela estação, estão fechados a sete chaves, que é como quem diz, completamente bloqueados com fita aderente, como a foto demostra.
Não existindo nos pontos-chave da Freguesia, os chamados "Marcos de Correio" - apenas conheço um receptáculo junto ao Centro de Saúde - fica esta população impedida de colocar a sua correspondência, fora das horas normais de expediente. É péssimo o serviço prestado por uma estação de correios, numa das mais populosas Freguesia do País.
Os Correios, que até há algum tempo atrás era um serviço público, deixaram de prestar a qualidade do serviço para que estão vocacionados, após passarem a empresas privadas e não é só
pelo que acima refiro.
A má qualidade do serviço estende-se também à entrega de correspondência. Por experiência posso afirmar que, não raras vezes, sou eu que coloco as cartas que vem parar à minha caixa de correio, nas moradas certas, uma vez que não tenho confiança ao devolvê-las, que as mesmas cheguem em tempo útil aos seus destinatários.

6 comentários:

luís r disse...

Já reparei que aqui nos ctt perto da estação de Queluz-Belas passa-se o mesmo...

Na altura a estação dos ctt encontrava-se aberta e deixei a carta no correio verde.

Pensei que aquela situação fosse temporária...

Susete Evaristo disse...

Estou mesmo pensando ir segunda feira aos correios entregar uma reclamação, já agora e como vou ter tempo irei tambám aos correios de Queluz. Sempre quero saber o porquê desta situação.

XICA disse...

Pronto, jé sei qual vai ser o teu novo emprego depois da reforma.
Uma causa bem justa, de acomodados temos nós o país cheio, amiga chateia quanto puderes, tu aí, eu aqui e outros tantos por este país fora, pode ser que os dormentes acordem.
Bêjus grandes

Susete Evaristo disse...

Tal como tinha dito já lá fui hoje e constatei mais uma anomalia é que nos Correios de Queluz não havia impressos (à mão de semear) para reclamações e como era um mar de gente desisti.
Desisti por hoje, porque vou voltar e em vez de uma serão duas as reclamações a fazer.

luís r disse...

Até podes enviar por mail para a ANACOM.PT que é a entidade que regula os CTT

As caixas ainda continuam tapadas com fita cola?

Susete Evaristo disse...

É verdade, foi o que comprovei hoje mesmo de manhã, nos CTT de Queluz. Amanhã não me é possivel mas sexta feira passarei pelos Correios de Monte Abraão novamente para trazer OS impressos de reclamação